Um chopp em paris

Viajar, assim como a cerveja, é um dos meus grandes prazeres. No entanto, gosto mesmo é de conhecer a cidade como se eu vivesse lá, não como um viajante! Especialmente os bares, restaurantes e lojas para turistas! Prefiro os restaurantes, festas e lojas locais! Por esse motivo, costumo sair andando por aí, assim, quase que sem rumo, buscando apenas conhecer a região.
Em uma dessas caminhadas, decidi para para um break chegando de volta ao hotel, por volta das 21h, vejam que maravilha!

Algumas coisas que, por serem um pouco diferentes, valem a pena ser mencionadas:
    • Nada de amendoins, o quente aqui, para acompanhar chopp nos bares, é a pipoca!
    • Se duas mesas estão encostadas e apenas uma está ocupada (por exemplo, com duas pessoas), apenas uma está ocupada, ou seja, o garçom puxa (3cm de distância!) a mesa da outra e pronto, não falta mais lugar! Achei isso bem diferente, o espaço é tão mínimo que é como se estivéssemos todos juntos e não dois grupos que não se conhecem.
  • Gorjetas! No Brasil estamos acostumados com os 10%, que as vezes são optativos. Aqui não funciona assim, a conta vem sem adição nenhuma, você deixa a gorjeta que escolher, normalmente as pessoas deixam sim! (Se você é Brasileiro, deve ter pensado que ninguém faria, não é mesmo? Apenas um padrão diferente entre regiões, nada grave!)
Essa foto foi tirada realmente às 21h! O sol, em junho, se põe por volta das 22:30.
Espero que, mesmo curto, esse post tenha te ajudado a conhecer um pouco mais das cervejas e costumes mundo a fora!
Comentem, ficarei feliz em responder!