A cerveja e a mulher – Uma homenagem pelo Dia Internacional da Mulher

Dia Internacional da Mulher. Essa é uma data interessante para se falar sobre cerveja!Nós, homens, adoramos idolatrar, exaltar, premiar, degustar, elogiar e até louvamos a cerveja.

Agora, meusamigos, sejamos sinceros: O que seria desse mundo sem as mulheres?
Onde encontraríamos a beleza, a ternura, o carinho, a compreensão e o apoio que nos mantêm equilibrados e, portanto, em pé? É por isso que hoje esse post é dedicado a elas!

Vou pular os detalhes dessa data comemorativa, mas em resumo os primórdios do Dia Internacional da Mulher vêm da Rússia, onde mulheres protestaram, no dia 8 de março, por melhores condições de vida e trabalho.

A importância da mulher na história da cerveja:
A décima oitava emenda da constituição dos Estados Unidos da América decretou a proibição de bebidas alcoólicas no país, declarando a produção, transporte e venda ilegais (o que não inclui o consumo em propriedade privada e a posse das bebidas).

Hoje já se sabe que a proibição não impede o consumo (ou produção, transporte e venda, nesse caso) de quaisquer produtos e, como você já suspeitou, deu-se início a um surto no surgimento de gangues, crime organizado e corrupção.

E onde estão as mulheres?
Bem, dedicamos esse post à elas por essa imagem:
Associated Press Domestic News New Jersey United States U.S. ALCOHOL PROHIBITION PROTEST

Bravas foram as mulheres que saíram às ruas em 28 de outubro de 1932 para reividicar o seu direito pela CERVEJA!

Como terminou a história toda?
Exatamente em 1933 a emenda em questão foi revogada!